Quando começamos a crescer espiritualmente, a vida se torna fantástica. Tornar-se espiritual não significa entrar para nenhuma religião ou culto, mas dar atenção a si mesmo de uma maneira especial.

Tornar-se espiritual é dar atenção a você por dentro. Quando entendemos que podemos ter o domínio e a compreensão de tudo, que somos completos, tudo pode mudar na nossa vida. Aprendemos a fazer e a pensar as coisas certas, e a realizar os nossos sonhos. O resultado depende do empenho que cada um coloca nessa transformação. Crescer espiritualmente significa aprender as coisas de um modo diferente.

Já pensou que as coisas podem ser vistas de outro ângulo, de outra maneira? Que você foi condicionado e que você inconscientemente aceitou esse condicionamento? Que até hoje continua a acreditar em tudo sem ao menos se questionar? Que pode a qualquer momento mudar tudo e fazer com que as coisas que você sempre sonhou aconteçam?

Aprendemos as coisas de modo distorcido e não sabemos disso. Por exemplo, aprendemos que a vida é curta, e saímos fazendo todo o tipo de selvageria, sem pensar nas consequências. Também aprendemos que não podemos levar desaforo para casa, então saímos brigando com tudo e todos sem ver e perceber as consequências.

Aprendemos que dinheiro não nasce em árvore, que a vida é difícil e nunca iremos ser ninguém na vida, que gordura é formosura e muitas outras. Acreditar em frases de efeito e agir como se fossem verdade faz com que nos tornemos uma massa, uma substância sem forma nem paladar. Vivemos repetindo e perpetuando ideias que não nos pertencem e a vida se torna parada e sem significado.

Na verdade, a maioria das pessoas acredita em todo o tipo de chavões, sem ao menos se questionar sobre a sua veracidade. Quem acredita em tudo sem pensar se é verdadeiro ou falso, acaba colocando ideias falsas na sua vida, repetindo-as também para os outros. Somos o que pensamos, e pensamos no que damos importância.

Começar a prestar atenção no que dizemos e fazemos, é ter um crescimento espiritual.