A natureza é perfeita. Quando olhamos para o céu e vemos todo aquele esplendor, não podemos deixar de pensar em equilíbrio, em paz, em felicidade. As praias, as florestas, as montanhas e as cachoeiras trazem uma tranquilidade que nos enebria.

Se tudo foi criado perfeito pela Vida, nós também fomos criados da mesma forma. Afinal, por que Deus criaria todas as coisas perfeitas e só os seres humanos errados e desarmoniosos? Por que Deus nos castigaria? Isso não faz sentido algum.

A Vida nos concebeu seres completos. Muitas vezes nós é que fechamos as cortinas e ficamos na sombra. A Vida também nos deu o livre arbítrio. Assim, cabe a nós fazer escolhas apropriadas.

Ser regido pelas leis da Vida é viver feliz. Sempre que sofremos ou temos o coração apertado, significa que saímos dessa regência. O nosso coração é como um termômetro interno – se estamos felizes, estamos dentro das leis, se estamos infelizes, estamos fora delas. E todas as vezes que saímos dessa ritmo, precisamos fazer o caminho de volta.

O objeto de estudo da Metafísica refere-se exatamente a essas leis que nos regem. Não às leis terrenas, feitas pelo homem, mas às leis do Universo. Leis imutáveis, perfeitas e maravilhosas.

Abra as suas cortinas e olhe a luz! Misture-se com ela, permaneça nela, mesmo que, no início, a claridade pareça ferir os seus olhos. Até quando você vai ficar na sombra? Até quando vai sofrer e se desesperar? Até quando vai acreditar que não tem força e perder as suas oportunidades?

É sempre tempo para aprender coisas novas. É sempre tempo de mudar conceitos antigos que não servem mais. Procure conhecer um pouco mais das leis da Vida que diretamente nos influenciam, mas com muito Amor. Você é o responsável! Mude a sua vida para melhor agora!

Psicóloga Maria Manuela Ferreira