A Arte de Esquecer

A arte de esquecer não é outra coisa senão poder lançar para longe lembranças desagradáveis, colocando em lugar delas o que nos faz viver sem dor. Preferimos conviver com sentimentos prazerosos, mas essa preferência seria fantástica se fosse feita da maneira ideal.

Isto se resume a que, normalmente, o passado não é resolvido, é apenas recalcado em algum canto do inconsciente, causando problemas.

Existe apenas uma maneira de resolver o passado, tomar consciência dele e curá-lo. Quando o socamos no fundo de nós mesmos, apertado em um canto da mente, ele provavelmente se rebelará, forçando-nos a resolver aquela situação inacabada a qualquer momento. O passado não é como um cobertor que se dobra e se coloca no fundo do armário. O passado que não foi curado tem vida, energia e movimento. Não fica quieto, não repousa. Só quando é resolvido, quando a energia é esgotada, é que ele se aquieta, cansado, em um canto.

A energia do passado mal resolvido nos deixa descontentes, melancólicos e sombrios. É uma força oculta que salta aos olhos a cada momento. Essa força atua na saúde em forma de veneno, dando origem a várias formas de doença, além de ansiedade, depressão e pânico.

A força do passado mal curado afeta as nossas forças, prejudica a nossa vida. Todas as forças deveriam ser empregadas para gasto pessoal, em proveito próprio, criando ao redor êxito e sucesso. Gastar energia com o passado é improdutivo, a não ser que seja para o curar.

As forças do nosso pensamento atuam sobre os outros, de maneira direta ou indireta. No convívio diário ou na influência que espalhamos pelos outros seres, de modo inconsciente. Cada um de nós tem a responsabilidade de cuidar da sua energia, e esse cuidado inclui resolver o passado.

Quando se fala em esquecer o passado, a observação não deve ter lida literalmente. Esquecer aqui não é sinônimo de apagar, desmemoriar, mas sim resolver, retirar dele a energia presa compreendendo como tudo aconteceu naquela época. Aí sim, é hora de preencher esse espaço vazio com sentimentos agradáveis e verdadeiros.

A psicoterapia atua como uma ajuda imprescindível no processo, pois nem sempre se consegue fazer sozinho. Outras técnicas são importantes no tratamento, regressão, hipnoterapia e linha do tempo. Cuide-se.

Psicóloga Maria Manuela Ferreira

Categorias

logo_fundo_escuro

Endereço
Rua Visconde de Pirajá, 111 Ipanema Rio de Janeiro, RJ

Telefone:
(21) 3902-3465

Inscreva-se na minha newsletter
Receba todas as novidades do site em seu email
Enviar
Você poderá remover seu email sempre que quiser
close-link