Fugir de si mesmo é uma corrida que você nunca vai ganhar

É muito cômodo buscar fatores externos para explicar acontecimentos e reações pessoais. Recusar-se a procurar ver as causas dentro de si, culpar os outros, o tempo ou a comida, é fugir de si mesmo. Frases como: “comi alguma coisa que não me fez bem”, “estou gripado mas o tempo não está ajudando”, “se fulano fosse mais compreensivo isso não teria acontecido”, são frases habituais de quem foge de si mesmo. Assuma a responsabilidade, pense no que poderia melhorar. As causas estão dentro de você.

Aprenda a se conhecer. Isso fará você ganhar a corrida.

Mude, cuide-se. Faça psicoterapia.

Author image

Psicóloga Maria Manuela Ferreira

Maria Manuela Ferreira, é Psicóloga, com mestrado em Educação e Saúde pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, pós-graduação em Psicologia Analítica, de Carl Gustav Jung.
  • Ipanema, Rio de Janeiro