Relacionamentos como Resistências

Se você prestar atenção poderá perceber que geralmente os relacionamentos são resistências, ou seja, um brigando com o outro. Raramente se vê o relacionamento decorrendo na paz, no companheirismo, na parceria. Dor, sofrimento, vingança, ciúme, traição, insatisfação, são os mais comuns. Esperamos sempre ser gratificados, mas tão logo o outro nos desiluda, cobramos ou brigamos.

A resistência se forma pela tendência que o ego tem de criar conflitos. Dizer “está tudo bom demais, então algo ruim vai acontecer”, é coisa do ego. Fique atento.

Cuide-se, mude, faça Psicoterapia.

Author image

Psicóloga Maria Manuela Ferreira

Maria Manuela Ferreira, é Psicóloga, com mestrado em Educação e Saúde pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, pós-graduação em Psicologia Analítica, de Carl Gustav Jung.
  • Ipanema, Rio de Janeiro